Do you want to buy antibiotics online without prescription? http://buyantibiotics24h.com/ - This is pharmacy online for you!

Microsoft word - _cefaleia.doc


Fluxo de atendimento e dados de alerta para
qualquer tipo de cefaléia no atendimento do Fluxo de atendimento e dados de alerta para qualquer tipo de cefaléia
no atendimento do Primeiro Atendimento


Serão classificados como emergência (sinais de alerta de alto risco para
1. Cefaléia de instalação súbita (pico de dor desde o início) 2. Cefaléias desencadeadas por atividade física/sexual 4. Cefaléia associada a qualquer déficit neurológico, mesmo que 5. Cefaléia nova pós-trauma de crânio 6. Cefaléia nova em pacientes com uso de anticoagulantes 1. Escore de dor1 maior que 7 e/ou cefaléia com outros sintomas 1 As cefaléias atendidas no Pronto Socorro devem ser graduadas objetivamente no início do atendimento para comparação após tratamento e para auxílio dos diagnósticos diferenciais. Uma escala visual de dor que varia de zero a dez é muito utilizada pela sua praticidade e fácil entendimento do paciente. Nesta escala zero significa ausência de dor e dez significa a pior dor que o paciente sentiu na vida. Mais recentemente tem-se recomendado a graduação das cefaléias em leve (não interfere com atividades), moderada Tabela 1. Características clínicas das cefaléias de acordo com a Classificação Internacional de Cefaléias. Figura 1. Fluxograma de atendimento de Cefaléia na Emergência

Conduzir
Critérios para
Sinais de
Cefaléia
Cefaléia
Primária?
Primária
Refratário?
Investigação
Avaliação Neuro
O médico assistente poderá ou não solicitar exames complementares para a investigação etiológica de cefaléias na emergência em diversas situações. No entanto, a presença de um ou mais dos fatores de risco abaixo aponta para maior risco de doença intracraniana sintomática.
1. Cefaléia súbita ou pior cefaléia da vida
2. Cefaléia associada a alteração do nível de consciência, mesmo que 3. Déficit neurológico focal não sugestivo de aura enxaquecosa (maior que uma hora de duração ou sinais/sintomas atípicos) 4. Cefaléia de esforço (pós-coito ou atividade física) 5. Cefaléia iniciada após trauma de crânio recente 6. Cefaléia nova associada à crise epiléptica 7. Mudança do padrão de cefaléia pré-existente 8. Cefaléia de evolução progressiva ou noturna 9. Status enxaquecoso (crise de enxaqueca com duração maior que 72 10. Cefaléia de início recente (menos de 1 ano) 12. História de imunodeficiência, discrasia sanguínea (ou uso de 13. Cefaléia associada a alterações do exame neurológico, rebaixamento do nível de consciência, rigidez de nuca ou a febre Tabela 2: Opções de medicamentos para tratamento não específico Tabela 3: Opções de medicamentos para tratamento de crise enxaqueca em Figura 2: Sugestão de tratamento de crise de enxaqueca. *atenção a distúrbio extra piramidal e associação de metoclopramida e

Source: http://medsv1.einstein.br/diretrizes/primeiro_atendimento/_cefaleia.pdf

Allergies in dogs and cats

ALLERGIES IN DOGS AND CATS CAUSES: There are three primary causes of allergies in dogs and cats.  Flea saliva allergy  Inhaled or percutaneous allergen allergy (also called atopy)  Food adverse reaction allergy The initial allergic reaction which cause symptoms in your pet may be perpetuated and worsened by secondary complications such as:  Skin infections - both bacterial

Microsoft word - document

Table of contents Section I. Basic Principles 1. Introduction, Bertram G. Katzung 2. Drug Receptors & Pharmacodynamics, Mark von Zastrow and Henry R. Bourne 3. Pharmacokinetics & Pharmacodynamics: Rational Dosing & the Time Course of Drug Action, Nicholas H.G. Holford 4. Drug Biotransformation, Maria Almira Correia 5. Development and Regulation of Drugs, Barry A. Berkowitz Section

Copyright © 2010-2014 Medical Pdf Finder