Do you want to buy antibiotics online without prescription? http://buyantibiotics24h.com/ - This is pharmacy online for you!

Drogas25ago

O que são drogas psicotrópicas?
Todo mundo já tem uma idéia do significado da palavra droga. Em linguagem
comum, de todo o dia ("Ah, mas que droga" ou "logo agora, droga.", ou ainda,
"esta droga não vale nada!"), droga tem um significado de coisa ruim, sem quali-
dade. Já em linguagem médica, droga é quase sinônimo de medicamento. Dá até
para pensar porque uma palavra designada para apontar uma coisa boa (medica-
mento, afinal este serve para curar doenças), na boca do povo tem um significado
tão diferente. O termo droga teve origem na palavra droog (holândes antigo) que
significa folha seca; isso porque antigamente quase todos os medicamentos eram
feitos à base de vegetais. Atualmente, a medicina define droga como qualquer
substância capaz de modificar a função dos organismos vivos, resultando em
mudanças fisiológicas ou de comportamento
. Por exemplo, uma substância
ingerida contrai os vasos sangüíneos (modifica a função) e a pessoa passa a ter um
aumento de pressão arterial (mudança na fisiologia). Outro exemplo, uma substân-
cia faz com que as células do nosso cérebro (os chamados neurônios) fiquem mais
ativas, "disparem" mais (modificam a função) e, como conseqüência, a pessoa fica
mais acordada, perdendo o sono (mudança comportamental).
Mais complicada é a seguinte palavra: psicotrópico. Percebe-se claramente que
é composta de duas outras: psico e trópico. Psico é fácil de se entender, pois é uma
palavrinha grega que relaciona-se a nosso psiquismo (o que sentimos, fazemos e
pensamos, enfim, o que cada um é). Mas trópico não é, como alguns podem pen-
sar, referente a trópicos, clima tropical e, portanto, nada tem a ver com uso de dro-
gas na praia! A palavra trópico, aqui, se relaciona com o termo tropismo, que sig-
nifica ter atração por. Então, psicotrópico significa atração pelo psiquismo, e dro-
gas psicotrópicas são aquelas que atuam sobre nosso cérebro, alterando de alguma
maneira nosso psiquismo.
Mas essas alterações do psiquismo não são sempre no mesmo sentido e direção.
Obviamente, dependerão do tipo de droga psicotrópica ingerida. E quais são essestipos? Um primeiro grupo é aquele em que as drogas diminuem a atividade de nosso
cérebro, ou seja, deprimem seu funcionamento, o que significa dizer que a pessoa
que faz uso desse tipo de droga fica "desligada", "devagar", desinteressada pelas
coisas. Por isso, essas drogas são chamadas de Depressoras da Atividade do
Sistema Nervoso Central
, é a parte que fica dentro da caixa craniana; o cérebro é
o principal órgão. Em um segundo grupo de drogas psicotrópicas estão aquelas que
atuam por aumentar a atividade de nosso cérebro, ou seja, estimulam o funciona-
mento fazendo com que o usuário fique "ligado", "elétrico", sem sono. Por isso,
essas drogas recebem a denominação de Estimulantes da Atividade do Sistema
Nervoso Central
. Finalmente, há um terceiro grupo, constituído por aquelas dro-
gas que agem modificando qualitativamente a atividade de nosso cérebro; não se
trata, portanto, de mudanças quantitativas, como aumentar ou diminuir a ativi-
dade cerebral. Aqui a mudança é de qualidade! O cérebro passa a funcionar fora de
seu normal, e a pessoa fica com a mente perturbada. Por essa razão esse terceiro
grupo de drogas recebe o nome de Perturbadores da Atividade do Sistema
Nervoso Central
.
Resumindo, então, as drogas psicotrópicas podem ser classificadas em três gru- pos, de acordo com a atividade que exercem em nosso cérebro: 1 Depressores da Atividade do SNC. 2 Estimulantes da Atividade do SNC. 3 Perturbadores da Atividade do SNC. Essa é uma classificação feita por cientistas franceses e tem a grande vantagem de não complicar as coisas, com a utilização de palavras difíceis, como geralmenteacontece em medicina. Mas se alguém achar que palavras complicadas, de origemgrega ou latina, tornam a coisa mais séria ou científica (o que é uma grandebesteira!), a seguir estão algumas palavras sinônimas: 1 Depressores – também podem ser chamadas de psicolépticos.
2 Estimulantes – também recebem o nome de psicoanalépticos, noanalépticos,
3 Perturbadores – também chamados de psicoticomiméticos, psicodélicos,
As principais drogas psicotrópicas, usadas de maneira abusiva, de acordo com a classificação mencionada aqui, estão relacionadas ao lado.
Depressores da Atividade do SNC
Soníferos ou hipnóticos (drogas que promovem o sono): barbitúricos, alguns benzodiazepínicos.
Ansiolíticos (acalmam; inibem a ansiedade). As principais drogas pertencentesa essa classificação são os benzodiazepínicos. Ex.: diazepam, lorazepam etc.
Opiáceos ou narcóticos (aliviam a dor e dão sonolência). Ex.: morfina, heroína, codeína, meperidina etc.
Inalantes ou solventes (colas, tintas, removedores etc.).
Estimulantes da Atividade do SNC
Anorexígenos (diminuem a fome). As principais drogas pertencentes a essaclassificação são as anfetaminas. Ex.: dietilpropriona, fenproporex etc. Perturbadores da Atividade do SNC
Lírio (trombeteira, zabumba ou saia-branca). Anticolinérgicos (Artane®, Bentyl®).

Source: http://files.proerdmg.webnode.com.br/200000105-d595ad6907/Drogas%20psicotropicas.pdf

jean.morenon.fr

Sur l'abstinence L'abstinence ne peut être le résultat d'une simple prescription. J. Morenon, J .Rainaut L'ambition des médecins au sujet de l'alcoolisme se résume souvent en cette formule : Guérison = Réparation des dégâts + Abstinence. D'autres avancent l'idée contraire que l'alcoolique ne pourrait être guéri que s'il peut de nouveau consommer normale

Microsoft word - medical-farmatic-bionics-2013-szuromi

AN INTRODUCTORY OVERVIEW ON THE RESEARCH FROM MEDICINE TO Venerable Professors, PhD Scholars, Dear Colleagues, Distinguished Guests, Ladies and Gentlemen, Welcome to the First European PhD Conference, entitled From Medicine to Bionics, which covers the fields of medicine, molecular biology, medicinal chemistry, pharmacology, nano-scale opto-electromagnetics, electronics and computing, and neur

Copyright © 2010-2014 Medical Pdf Finder